Virando a página

Virando a página

 

Eu já tentei virar a página várias vezes

Para ver se te esquecia

E pra falar a verdade

Eu virei inúmeras páginas

Mas em todas, você aparecia.

Foi então que me dei conta

Que você estava presente

Ao longo da minha história toda.

 

Bruno Rodrigues

 

Certeza

” Quando se tem certeza,
O medo se torna irrelevante”.

Bruno Rodrigues

Tombos e Tropeços Tombos acontecem Quando confiante pela estrada Você não percebe a presença de obstáculos Pode ser apenas uma pedra solta Em um terreno irregular Tropeça, vai ao chão e ficam-se as marcas. Tombos acontecem Quando você confia demais E não percebe que o caminho seguro Se tornou irregular Que quem tanto te marcou Já se soltou de você faz tempo Por causa de frequentes tropeços Vai à lona e ficam-se as dores. Tombos acontecem Quando confiante você se joga Achando que terá alguém lá embaixo Esperando para te segurar E no meio do caminho vê que está sozinho Mas que já é tarde demais A queda é inevitável Pois, você já se jogou faz tempo. Bruno Rodrigues

A Neblina

A Neblina

 

A gente se despede

Rasga o peito

Rasura uma ideia ou outra

Joga fora os rascunhos do futuro

Pois nada foi como planejamos.

 

A gente enlouquece

Se perde pelos cantos

É tudo nostalgia aqui dentro

A neblina do tempo

Não te deixa ver o que passou

Vai apagando ao poucos

O pouco de mim

Que restou em ti.

 

Bruno Rodrigues

Universo em expansão   O universo que habita dentro de mim É o lugar mais desconhecido e misterioso que existe Pois apesar de meu coração ser como o sol E brilhar intermitentemente Me vejo em um paradoxo espacial Afinal, nem ele é capaz de clarear Todos os espaços da minha alma.   Há muitas estrelas Que hoje estão Há milhões de anos luz E a distância aumenta cada vez mais A medida que o universo se expande Vejo algumas lembranças brilhando Cada vez mais distante Até que uma hora Toda lembrança Da memória se apaga. Bruno Rodrigues

Universo em expansão

Universo em expansão

 

O universo que habita dentro de mim

É o lugar mais desconhecido e misterioso que existe

Pois apesar de meu coração ser como o sol

E brilhar intermitentemente

Me vejo em um paradoxo espacial

Afinal, nem ele é capaz de clarear

Todos os espaços da minha alma.

 

Há muitas estrelas

Que hoje estão

Há milhões de anos luz

E a distância aumenta cada vez mais

A medida que o universo se expande

Vejo algumas lembranças brilhando

Cada vez mais distante

Até que uma hora

Toda lembrança

Da memória se apaga.

 

Bruno Rodrigues

Piso firme

Piso Firme

Piso Firme

 

Piso firme

Mesmo com o coração

Muitas vezes despedaçado

Piso forte!

 

Piso firme

Em direção ao futuro

Mas sem esquecer

De tudo que vivi.

 

Meu passos são fortes, marcantes

Mas não tão marcantes

Quanto essa saudade

Que nunca passará.

 

Eu piso firme,

eu sonho alto,

Eu tento quantas vezes for preciso

Tenho orgulho do meu caminho

Sou feito de paixões

Eu amo desafios.

 

Eu acredito que o destino,

Dará sentido exato

Aos meus traços.

 

Bruno Rodrigues

 

 

 

 

 

Não é fácil

Não é fácil

Nunca foi simples

Pesa, dói e cansa

Tira o sossego

A paz, o chão.

Eu não sou como um produto

Que é fabricado em série

Isso me difere

Eu nasci de mãos dadas

Com a solidão.

 

Bruno Rodrigues

 

Amor maior

Parabéns meu amado filho pelo seus 4 anos!!

Amor maior

 

Quando você nasceu

Gerou em mim uma nova vida

Tudo ganhou mais cor, mais brilho

Mais graça, Mais poesia.

 

De todos os amores

 

Serás sempre o maior…

 

Você deu um novo sentido aos meus dias

Foi então que descobri

Que hoje não vivo mais pra mim

Pois quando parei um instante

Pra Admirar sua perfeição

Entendi, que era por você

Que meu coração batia.

 

Bruno Rodrigues

Aquela dor

Aquela Dor

 

Aquilo que mais te alegra

Se um dia acabar.

Será por tabela

A dor maior

Aquela que vem e dilacera.

 

Assim é a vida

Vivemos com medos, receios e anseios

De acordar sem chão

Sem sentido, sem razão

E ter que recomeçar tudo do zero

Até se perder novamente.

 

Bruno Rodrigues

 

12 anos de Refúgio!!

Há 12 anos que este espaço é meu refúgio, para muitos sei que isso deve soar como uma grande bobagem, para outros, que compartilham em termos de vivências parecidas, sentimentos e sonhos, sei que vão entender perfeitamente o que eu estou falando.

É ótimo ter um lugar que você possa chamar de seu, e nele receber visitas que muita das vezes se reconheçam no conteúdo que ali se encontra.

Por diversas vezes no passado, sabotei demais o meu Refúgio… Ora por displicência, ora por crises de criatividade. Enfim, aqui estamos, hoje estou feliz com os resultados que venho alcançando, muito feliz por ter leitores e que muitos desses leitores se tornaram grandes amigos e amigas.

E pretendo continuar por aqui por mais um bom tempo, tentando melhorar sempre o conteúdo dos posts.

Muito obrigado!!!!!!

Bruno Rodrigues

Fardo Coração

Fardo Coração

 

Um fardo pesado

O coração de quem ama,

Carrega.

Cheio de decepções, dores

E fantasmas do passado.

 

O coração de quem sente

Por ruas inundadas de sentimentos,

Trafega.

Ele não para,

Ele não pensa, não mente.

Ele apenas sente.

 

O coração de quem ama

Está farto desse fardo

Já aprendeu tudo que precisava

E agora busca uma fuga fortuita

Para bater em paz.

 

Me desculpem os afortunados,

Mas sofrer é fundamental

Para o amadurecimento mental.

 

Bruno Rodrigues

 

 

 

“Me desculpem os afortunados, Mas sofrer é fundamental Para o amadurecimento mental.” Bruno Rodrigues

"Me desculpem os afortunados, Mas sofrer é fundamental Para o amadurecimento mental."   Bruno Rodrigues  

Destino algum Poucos são aqueles Que viverão destinos grandiosos Muitos são os que nasceram Para ter um destino comum Alguns loucos, poetas e palhaços Nasceram fadados a não terem Destino algum. Bruno Rodrigues

Destino algum Poucos são aqueles Que viverão destinos grandiosos Muitos são os que nasceram Para terem um destino comum Alguns loucos, poetas e palhaços Nasceram fadados a não terem Destino algum. Bruno Rodrigues